quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Desabafos e despedidas.

Venho me pegando reflexiva, levemente notálgica ultimamente, deve ser porque estou em um período de despedidas.
Em alguns casos dou graças á Deus, já outros me deixam triste... Normal, eu acho.
Tem pessoas que mesmo fazendo parte diariamente da minha vida, vão embora, e não deixaram muitas coisas, apenas uma lembrança que com o tempo se tornará mais desfocada, até ficar embaçada, ai eu não me lembrarei mais... Outras, que diariamente fazem a diferença na minha vida e se tornarão uma lembrança cada vez mais nítida e uma saudade cada vez mais intensa.
Mas como tudo chega ao fim, vamos nos despedindo! E final é sempre triste, mesmos sendo finais felizes... Pois futuro se torna incerto, e a sensação é de pavor ás vezes... Mas todo mundo sobrevive a isso! Eu serei mais uma... Fechar um ciclo é necessário! AH! E amanhã é a minha formatura, e tudo será festa, uma despedida feliz, com um final feliz, comigo belissíma em um vestido "sereinha" roxo!´("Óh" vocês devem estar pensando.) Mas é isso mesmo, pretendo ser o melhor "biscoito fino" da festa!rs.
Esse ano foi corrido e rápido, todos sabem, e vendo meus posts antigos vi que nesse ano escrevi pouco, pouco demias, e uma coisa que eu adoro fazer é escrever... Também percebi que deixei de fazer muitas coisas em função dos outros, em função dos meus compromissos... Bom, me acostumei com tudo isso, me acostumei em ter que aceitar coisas, em me conformar com essas tais coisas e acho que com o novo ano chegando vou ter mais vontade de ser eu mesma e começar a viver a minha vida! Chega de viver em função da vida alheia! Quero ser eu mesma!
Desde que eu tenho blogs, desde muitos anos atrás, desde quando não era moda, sempre foi importante pra minha mente eu escrever, sempre achei necessário liberar meus pensamentos e batendo os dedos nos teclados era mais fácil, as palavras saiam e iam na velocidade dos meus pensamentos...
Infelizmente meus outros blogs foram embora, junto com os provedores falidos!(hehe)
Não acho que preciso sempre estar atualizando, e escrevendo diariamente, mas não preciso deixar de ser eu, e fazer o que eu gosto, o que de verdade eu gosto. Digitar!
Parei para pensar que muito disso foi culpa do meu namoro! Culpa não é bem a palavra certa, mas é a única que eu imaginei para definir. Não que eu não esteja gostando do meu relacionamento monogâmico, mas acho que chegou a hora de limitar os espaços... Vendo que esse ano eu fiquei pouco com as minhas verdadeiras amigas (lhes peço desculpas), vendo que estava me tornando uma daquelas mulheres que odeio ( vivendo em função de um homem), me lembro que quando vivi uma situação parecida a única coisa de bom que trouxe foi muito assunto para os posts ( vocês que lêem acho que não são da época do Mr. Big). Sofri nessa época, e não quero ser aquela EU que era.
Enfim, espero que o Jr. não leia esse post, porque ele é cabeça dura e nunca entenderia o que eu quero dizer, mas preciso de espaço e tempo, preciso de um tempo pra mim, preciso sentir dona de mim, preciso de uma overdose de Muriel.

Espero que todos vocês continuem lendo o blog, prometo que serei mais periódica...
Desejo que tenham um Feliz Natal, um Super Ano Novo! Vejo vocês na próxima temporada da minha vida!
Amo vocês...

9 comentários:

Gutow. disse...

Fim de ano é sempre assim, não se preocupe, acho que você ainda vai passar por muitas situações parecidas mas que vão parecer piores. Eu estou passando mais ou menos pelas mesmas coisas.
Sua visita não me incomoda em nada, ao contrário, adoro ser visitado.

Isa Bentes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isa Bentes disse...

Nossa...nostalgia nacional eu diria.
todos os blogs com msmo tipo de mensagem...rsrs..
No mais, eu que pareço muitas vezes alguem alheia aos sentimentos, vez por outra me pego falando deles...rs

Que bom q vc gosta de lê-los.
Fique á vontade!
Feliz ano novo!

... disse...

Tipica nostalgia de fim de ano, todos comentam sobre isto no blog xD
te premiei
=]

Tainah disse...

Muri, fico tão feliz quando os posts alcançam. Muito saber desse alcance, bonito mesmo!
E é muito bom vir aqui ler suas reflexões de fim de ano, e torço para que o ano que vem seja muito bom.

brigada por sempre aparecer!

Flora Ramos disse...

Oi, Muriel! Olha, parabéns por ter essa vontade e necessidade de uma overdose de si mesma, desejo-lhe bom desempenho, sei que não é tarefa fácil. E desejo-lhe bom desempenho (deve estar percebendo que troquei pela palavra sorte) no póximo vestibular da usp! hehe passaremos, se formos mais fortes.

Seja bem-vinda ao meu blog, volte sempre que quiser!

Abraço

Impress me. disse...

Tá desculpada!
Você sabe que é uma melhor amiga da minha pessoa né? =]

Eu te amo!

lê! disse...

vc leu! acredite.
e eu escrevi, acredite tbm.
porque depois que eu escrevi me custou crer que eu falei tudo isso de novo.

ah e foi por pensar que eu enloqueceria que deixei pra tras muitas coisas.
enlouquecer seria eu pular tudo isso de novo.
quero curtir a desgraça amorosa qu é minha vida sem ter pressa de encontrar alguém q me ame de verdade. quando tiver que acontecer vai acontecer, e se nao acontecer tenho em mim que eu amei alguem. nem que foi simplesmente por uma noite.

amiga, espero tbm estar perto de vc, tantos nos meu momentos de fossa como nas minhas loucuras uahauhauhau.

qto ao seu post, bom, não fique muito tempo nessa nostalgia, ela consome demais auhauhauhauhau.

te amo.

Luci. disse...

Oi moça! adorei a sua visita, AMEI o layout e sua forma sincera de escrever: "percebi que deixei de fazer muitas coisas em função dos outros". Sei exatamente como é isso e coincidentemente também me formei esse ano, hahaha, identificação total com esse blog, passarei aqui mais vezes. Feliz ano novo!